noticia

CERTIFICAÇÃO DE CONDUTORES

CERTIFICAÇÃO DE CONDUTORES

CERTIFICAÇÃO DE CONDUTORES: Sector dos Transportes assume falhas

A VICE-MINISTRA dos Transportes e Comunicações admite a possibilidade de haver falhas ao certificar indivíduos demasiadamente jovens como condutores de categoria de serviços públicos.

Manuela Rebelo, que falava há dias em Inhambane, disse não ser admissível que jovens de até 25 anos sejam portadores de carta de condução de serviços púbicos, pois, segundo suas palavras, esta resulta de uma carreira, que não se faz à saída da escola de condução.

Neste sentido, recomendou ao Instituto Nacional de Transportes Rodoviários (INATRO) para verificar o que se está a passar para a proliferação de condutores jovens e inexperientes com este tipo de cartas de condução, cujo averbamento é suposto resultar de uma série de condições.

“Não vou aceitar que me venha um jovem dos seus 21 ou 25 anos com serviços públicos. Serviços públicos é carreira. Se é carreira, alguma coisa está errada”, disse.

A vice-ministra disse que parte dos condutores que diariamente transportam milhares de vidas nas estradas do país não tem carta de serviços públicos, documento que os habilita para o efeito, o que pode estar entre as causas dos acidentes que se registam envolvendo este tipo de carros.

Entretanto, Rebelo não se referiu concretamente a como o sector se prepara para abordar o problema.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo