firmware

firmware

Em eletrônica e computação,  uma classe específica de software de computador que fornece controle de baixo nível para o hardware específico do dispositivo. O  pode fornecer um ambiente operacional padronizado para o software mais complexo do dispositivo (permitindo maior independência de hardware) ou, para dispositivos menos complexos, atuar como o sistema operacional completo do dispositivo, executando todas as funções de controle, monitoramento e manipulação de dados. Exemplos típicos de dispositivos que contêm são sistemas embarcados.

O firmware é armazenado permanentemente num circuito integrado (chip) de memória de hardware, como uma ROM, PROM, EPROM ou ainda EEPROM e memória flash, no momento da fabricação do componente. Muitos aparelhos simples possuem firmware, entre eles: controles-remotos, calculadora de mão, algumas partes do computador, como disco rígido, teclado, cartão de memória, unidades USB, muitos instrumentos científicos e robôs. Outros aparelhos mais complexos como celulares, câmeras digitais, sintetizadores, entre outros, também possuem um firmware para a execução de suas tarefas.[1][2][3]

Não há fronteiras rígidas entre e software, pois ambos são termos descritivos bastante livres. Contudo, o termo  foi originalmente inventado para contrastar com software de alto nível que poderia ser alterado sem a troca de um componente de hardware, e o  está normalmente envolvido com operações muito básicas de baixo nível sem as quais, um dispositivo seria completamente não-funcional.

Botão Voltar ao Topo